Ir pra o site www.JULIOJOSE.com.br ------ CLIQUE AQUI PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO ------ Clique aqui e visite a GALERIA DE LEITORES


Comentário de DANIEL BARROS (Associação Nacional dos Escritores- ANE, autor de vários contos e livros, incluindo os sucessos "Enterro sem Defunto" e "Mar de Pedras”)

Júlio José Teixeira inicia sua carreira literária com um belo romance infanto-juvenil.
Em uma narrativa original, habitada nos anos 80, cada capítulo começa com descrições dos costumes da época (Momentos anos 80) para,
em seguida, citar um K7 com trechos de músicas que marcaram a época.
Júlio nos remete a uma viagem àquele tempo.

Um dia escrevi: "Escrever bonito não é só... tem que tocar o leitor, comovê-lo, excitá-lo... fazê-lo parar para suspirar".
Júlio José atende de forma sublime a essa expectativa, não deixando ao leitor a possibilidade de não se emocionar e comover com sua narrativa.

Em MOMENTOS, Júlio conta a história de Aline e Roberto, personagens que poderiam ser quaisquer de nós que vivemos a adolescência na década de 80;
não há como não nos identificarmos com eles.
Toda paixão juvenil, a descoberta da primeira pessoa a mexer com nosso coração, os olhares,
as incertezas sobre ser correspondido, o entrelaçar das mãos, o primeiro beijo...
surge então as inseguranças masculinas.
Após a insegurança, a inconseqüência e o erro... a reparação deste, tão maior que o próprio...
enfim, um romance que além de nos remeter aos anos dourados de nossas vidas, faz da obra um diário de todos nós.


INTRODUÇÃO

A grande magia deste livro é que ele foi escrito por um adolescente ainda na década de 80.
Não foi escrito por alguém mais velho recordando os anos 80.
O que você vai ler é o que um adolescente naquela época pensava.

Foi escrito em uma máquina de escrever compacta, quando os adolescentes não tinham computador em casa.
Não é uma autobiografia, tem muita fantasia.
O mais importante é que saiu da cabeça daquele jovem naquela época ainda.
É o que se passava na imaginação e no coração de um adolescente na década de 80,
escrito por alguém que ainda estava vivendo e sentindo tudo aquilo.

 
 


APRESENTAÇÃO

Se eu fosse escrever este livro hoje, com certeza ele não teria a magia que tem,
pois as nossas experiências de vida fazem com que, com o tempo, enxerguemos as coisas de maneiras diferentes.

É um livro para todas as idades: é pequeno, de leitura leve e rápida, com romance e uma boa dose de humor.

Se você é um adolescente hoje irá se divertir ao sentir como seus pais lidavam com os sentimentos naquela década quando tinham a sua idade.

Se você era adolescente naquela época tenho certeza de que, pela narrativa, pelas situações descritas e pela maneira como foi escrito,
você também fará uma viagem no tempo e, com certeza, se identificará com muitos sentimentos narrados aqui.

Para sua viagem aos anos 80 ficar ainda mais divertida e emocionante, no início de cada capítulo você encontrará fatos e momentos históricos da época,
além de sugestões de músicas que tocavam nos antigos LPs e fitas K7
e que farão você se emocionar ao recordar momentos de uma década tão especial e inesquecível.

A grande magia deste livro é que ele foi escrito por um adolescente ainda na década de 80.
Não foi escrito por alguém mais velho recordando os anos 80.
O que você vai ler é o que um adolescente naquela época pensava.

 

PREFÁCIO DO LIVRO

Olá, antes de qualquer coisa quero dizer que este livro não é uma autobiografia e não foi escrito nos dias de hoje por um adulto que queria escrever algo sobre um romance vivido nos anos 80.
Não, ele foi escrito realmente por um adolescente lá nos anos 80.
O que está aqui são as ideias, as perspectivas, a mentalidade, a emoção, o sentimento de alguém que criou a história naquela época,
com a visão simples e ingênua de uma pessoa que vivia e criava histórias baseadas na sua pequena experiência de vida.

Quando encontrei os "manuscritos" e comecei a ler fiquei emocionado.
Foi realmente uma viagem ao passado.
Muita coisa que está aqui, se eu fosse escrever hoje, com certeza seria esquecida, retirada ou ignorada e muitas outras diferentes seriam acrescentadas.
Mas preferi fazer apenas uma revisão gramatical, deixando o texto exatamente como o original, escrito há mais de 25 anos por um adolescente inexperiente e sonhador.

Com o passar do tempo nós, quando ficamos adultos, maduros e mais vividos, adquirimos experiências e conhecimentos que,
de uma forma ou de outra, mudam nossa forma de pensar, nossa forma de agir, de ver o mundo, de nos expressar.

Com certeza, se eu fosse escrever este livro hoje ele não teria a magia, a simplicidade, a inocência e os detalhes que estão nesta obra.
E é aí que está a grande diferença deste livro, se você hoje já é um adulto voltará ao passado, reviverá emoções e sentimentos que teve na adolescência,
recordará situações que todo adolescente viveu um dia e que, se fossem contadas no futuro por um adulto, seriam contadas com um coração adulto,
onde seriam acrescentados sentimentos não vividos naquela época e, talvez, com ausência de detalhes que, na época eram importantes,
mas que, depois de tanta experiência de vida, poderiam ser considerados banais, ficando esquecidos.

Agora, se você é um adolescente ainda e não viveu nos anos 80, verá que muitos sentimentos que você tem hoje e muitas situações que você enfrenta
já foram vividos por seus pais de maneira muito semelhante, mesmo em um contexto de vida bem diferente.

Este livro, apesar do autor descrever o personagem principal com muitas de suas características, realmente não é uma autobiografia,
sua história foi criada a partir de 1985 e foi escrito originalmente em 1988 utilizando-se uma pequena máquina de escrever manual
(daquelas de cor laranja que tinham uma tampa para serem carregadas), pois na época ainda não tínhamos as facilidades de um computador em casa.
Procurei colocar aqui o que aquele adolescente escreveu naquela época e não o que eu escreveria hoje,
e é aí que está a diferença que nos fará voltar no tempo...

 
 
.
MOMENTOS - Clipe com a música tema do Livro para voltarmos ao passado. Muitas imagens que marcaram os anos 80. Aqui está interpretada pelo amigo Fernando Lopes. Esta música eu fiz em 16/11/1990 e o clipe foi produzido em 09/11/2013.
 
 
 

Um grande abraço "do fundo do meu coração"

Júlio José Teixeira